Sejam todos bem-vindos!

Qualquer Coisa é a Mesma Coisa é uma série de publicações próprias e algumas divulgações, quando não faço nada, ponho alguma coisa por aqui, que, talvez, ninguém ou poucos as leiam.

Recomendo o uso dos marcadores a direita de sua tela, ok?
Boa Leitura!! Se não quiser ler, apenas olhe... Comente...

quarta-feira, 27 de maio de 2009

-O que os outros dizem (escrevem, pensam)pra mim-


Maryane escreve: “Nunca se esqueça de mim! Desculpe se por algum momento lhe decepcionei”.


A Gleiciane, prima de Maryane estende mais um pouquinho e escreve:

“Amor, carinho e compreensão são sentimentos que devem alimentar seu coração. Quando você precisar de mim, nem pense em chamar. Chame sem pensar, pois és muito especial, continue sendo assim como você é e nunca esqueça de sua amiga maluca”.


Bruna Kim, fala, pergunta: “Tens um mundo muito pequeno”; “BOCU!!!”; “Quer Café?” “Vamos montar uma Web Rádio?”.


Nádia perguntou: “Vai fazer dread em teus cabelos?”.


Já Dayane, que usa Renato Russo como inspiração, escreve: “E nossa história não está pelo avesso assim, sem final feliz... Teremos coisas bonitas pra contar. E, até lá, vamos viver, temos muito ainda por fazer... Não olhe pra trás, apenas começamos!!”.


Kyrah, por sua vez escreve: “O verdadeiro sábio é aquele que dá valor antes de perder. Valeu, você é muito limpeza”.


Giovanna Magda soltou a caneta: “Nenhuma bala perdida, contudo nenhum dente cariado. Fica proibido matar a não ser a saudade, a sede e a bola no pé. Nem pistola, nem pistolão e pra entrar no céu, gozo e tezão” que final assanhado!


Daniele, fala na minha cara: “És o cara mais diferente que já conheci”, e agora, isso não pode faltar: Miguel, Rafael, Philippe, Eurides Anderson, Fabricio, Jailton e outros que não me lembram agora, dizem juntos: “TÚ É DOIDO!!”. Anônimos, apenas pensam isso.


Um anônimo escreve comunicando-me que o princípio da certeza está baseado no que se diz; “Nas trevas existe um lugar onde a vida sobrevive”. Outro anônimo: “Sem perceber se algum dia chegar, não espere que eu fique”.


Eloiza: “Meu irmãozinho!”; “Admiro-te de montão!”



Existem mais outras pessoas que dizem, perguntam, expressam, pensam...

Em destaque, essas. Obrigado!

Um comentário:

  1. Nossa...que massa que ficou,e eu,ainda sou citada.Muito,Muito bom mesmo!!

    ResponderExcluir