Sejam todos bem-vindos!

Qualquer Coisa é a Mesma Coisa é uma série de publicações próprias e algumas divulgações, quando não faço nada, ponho alguma coisa por aqui, que, talvez, ninguém ou poucos as leiam.

Recomendo o uso dos marcadores a direita de sua tela, ok?
Boa Leitura!! Se não quiser ler, apenas olhe... Comente...

terça-feira, 30 de março de 2010

No (nesse) dia


Nesse dia
Vou aproveitar pra ver o que não vi
Procurar sobreviver no que vivi
Inspirado em sons com melodias
Psicodelia e metáforas em todas as pseudo-delícias

As metáforas: sarcásticas
Psicodelias: várias matemáticas
Os sons: bastante perceptivos
As melodias: detalhes obtidos!

Mas... Nesse dia!
Aproveitarei também pra dizer: Que bom te conhecer!
Com essa atitude posso até parecer
Um sujeito meio clichê
Mas clichê, somente esse vê.

E... Nesse dia
Talvez, morreria... Pra sociedade, sim, eu morreria como um mosquito em mosqueteiro
Ou morto já estaria
Na mente de poucos, ficaria
Por pouco tempo, depois tudo sumiria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário