Sejam todos bem-vindos!

Qualquer Coisa é a Mesma Coisa é uma série de publicações próprias e algumas divulgações, quando não faço nada, ponho alguma coisa por aqui, que, talvez, ninguém ou poucos as leiam.

Recomendo o uso dos marcadores a direita de sua tela, ok?
Boa Leitura!! Se não quiser ler, apenas olhe... Comente...

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Testamento


Nessa loucura toda...
Busco só uma brecha... Naturalmente
Senão, a felicidade por morrer louco
Com a certeza que fiz o bem a outra (o)

Senão, isso deixo a vocês
O entendimento de o meu expressar
Pelo menos seis
Mas Sete Artes (melhor)
Entendes o que quis falar

Um trem de 12 compassos
Essa, a minha maior Alegria
Além de definir a minha filosofia
Tentei ao máximo, andar em meus passos

E quero Muddy Waters, Janis Jolin e Jimi Hendrix
The Doors, Jefferson Airplane, Raulzito no Apêndix
Entre outros sons no meu funeral
Muito vinho, cachaça, cerveja, senão serão muito mau
Em comemorar o início do meu final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário