Sejam todos bem-vindos!

Qualquer Coisa é a Mesma Coisa é uma série de publicações próprias e algumas divulgações, quando não faço nada, ponho alguma coisa por aqui, que, talvez, ninguém ou poucos as leiam.

Recomendo o uso dos marcadores a direita de sua tela, ok?
Boa Leitura!! Se não quiser ler, apenas olhe... Comente...

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Realizações


Livrar-me-ei de meus pensamentos
Reinará a inconsciência
E não será uma ciência
Ao explicar meus tormentos
Nada de regras, nem movimentos
Meus neurônios pararão
Minha alma entra em ação
Desconstrói todo  conhecimento
Ai meu deus eu lamento!
A vida vivida em vão!

Nessa vivida em vão
Sempre fui homem direito
Respeitei padre, prefeito
Nunca falei palavrão
Não causei confusão
A sequer filosofia
Pai nosso e ave maria
Rezava o dia inteiro
Pra tentar ser o primeiro
Em chegar no céu um dia

Pense numa grande peleja
Quando o dia chegô
Vi o nosso sinhô
Conversando com seu House
“...não salve a Winehouse
Ela tá destruindo a fortaleza
Do preconceito, da incerteza
Desse povo que veleja
Em círculo sem esperteza
Deixa ela morrer, of couse!...”

Depois de escutar isso aí
Gritei: PARE O MUNDO AQUI!
QUERO O CÉU MAIS NÃO!
VOLTAREI DE ONDE SURGI
E NÃO VOU PERDER VIAGEM
QUERO BUSCAR MINHA BAGAGEM
DE SACANAGENS QUE PERDI
E PREPARE UM CAMINHÃO
QUE A BAGAGEM VAI PESAR
POIS TUDO QUE NÃO TIVE CORAGEM
VOU TRAZER E AQUI CURTIR

Nenhum comentário:

Postar um comentário